domingo, 6 de outubro de 2013

Desfechos

Tudo caminha para um desfecho inevitável. Isso é realmente importante, se você considerar. Não quer dizer que o final de uma história deva ser previsível. Quer dizer apenas que o final é algo que a história vai desenhando com as suas passagens e viradas. Tem que ser um destino que foi construído com o passar das páginas, algo esperado, mas não algo que seja previsível por ser clichê.

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.